HOME

16 de maio de 2016

#RESENHA - Mentirosos por E. Lockhart


Narrativa maçante, personagens vazios mas um final surpreendente.

Título: Mentirosos
Autor(a): E. Lockhart
Editora: Seguinte
Série: Livro Único
Páginas: 272
Idioma: Português
ISBN: 9788565765480
Ano: 2014
SINOPSE: Os Sinclair são uma família rica e renomada, que se recusa a admitir que está em decadência e se agarra a todo custo às tradições. Assim, todo ano o patriarca, suas três filhas e seus respectivos filhos passam as férias de verão em sua ilha particular. Cadence - neta primogênita e principal herdeira -, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat são inseparáveis desde pequenos, e juntos formam um grupo chamado Mentirosos.
Durante o verão de seus quinze anos, as férias idílicas de Cadence são interrompidas quando a garota sofre um estranho acidente. Ela passa os próximos dois anos em um período conturbado, com amnésia, depressão, fortes dores de cabeça e muitos analgésicos. Toda a família a trata com extremo cuidado e se recusa a dar mais detalhes sobre o ocorrido… até que Cadence finalmente volta à ilha para juntar as lembranças do que realmente aconteceu.



O livro de vocês fica com a capa pra cima e não abaixa de jeito nenhum? Já tentei de tudo e não dá! Desisto!!!
Genteeee, mas então. Vamos falar do conteúdo.
Antes de eu iniciar a leitura eu fui atrás de algumas resenhas. Já de cara percebi que não era pra caçar chifre em cabeça de cavalo, ou seja, se fuçasse demais ia achar spoiler e era algo que eu não queria, então parei de ver os vídeos e de ler as resenhas na hora.
Mas já tinham deixado claro que do começo até a metade do livro seria algo bem comum, devagar, etc. Mas eu não imaginei que seria tão, mas tão chato assim! Eu tava pouco se f*** para os personagens. Achei todos tão sem graça. A autora não me fez imaginar nem a fisionomia deles, quem dirá a personalidade. E eu, como a brasileira que sou, continuei lendo, porque, se era chato só até a metade, vamos continuar não é?
Nada disso. O livro foi irritante desde as primeiras páginas até a página 237, ou seja, 90% do livro é uma perca de tempo.
O livro quase todo fica envolto no que diabos aconteceu no verão do acidente de Cad. E eu ficava: cadê a parte interessante dessa história? Pelo amor de Dadá, me socorre!!

Porque eu entrei na água sozinha à noite?
Onde estavam as minhas roupas?
Realmente tive traumatismo cranioencefálico nadando, ou aconteceu alguma outra coisa? Alguém poderia ter me golpeado antes? Fui vítima de algum crime?
É, realmente chorei quando a verdade foi revelada, não imaginava aquilo tudo, e fiquei pensando no que aconteceu e ahhhhhhh! Foi muito doido. A autora foi revelando as pontas soltas aos poucos sem que você compreendesse totalmente, mas no final tudo que você leu se encaixa. Gostei dessa sacada da autora. Foi inteligente. Embora eu ache que os personagens e suas características deveriam ter sido melhor desenvolvidos para a gente sentir mais simpatia pela família Sinclair.



Então é isso. Não foi um livro que eu dei cinco estrelas. Dei quatro pelo final que nunca passou pela minha cabeça. Foi realmente uma "bela" surpresa.
Não é um livro que vai mudar a sua vida. Nem te fazer perder o sono. Mas fiquei surpresa, bem surpresa.
Infelizmente não acho que vale muito a pena ler um livro principalmente maçante só pra te surpreender em algumas partes.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Assine a Newsletter

LINK ME!

Literatura Estrangeira

Mais Recentes

Literatura Estrangeira - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados