HOME

12 de junho de 2019

#RESENHA - As Mil Partes do Meu Coração por Colleen Hoover


Título: As Mil Partes do Meu Coração
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Páginas: 336
Idioma: Português
Ano de Lançamento: 2018
Gênero: Romance/Drama
Livro recebido de cortesia da editora

Compre aqui: Amazon | Submarino
SINOPSE: Autora best-seller do New York Times aborda relacionamentos e transtornos mentais em uma narrativa que discute os limites do que é normal.
Para Merit Voss, a cerca branca ao redor da sua casa é a única coisa normal quando o assunto é sua família, peculiar e cheia de segredos. Eles moram em uma antiga igreja, batizada de Dólar Voss. A mãe, curada de um câncer, mora no porão, e o pai e o restante da família, no andar de cima. Isso inclui sua nova esposa, a ex-enfermeira da ex-mulher, o pequeno Moby, fruto desse relacionamento, o irmão mais velho, Utah, e a gêmea idêntica de Merit, Honor. E, como se a casa não tivesse cheia o bastante, ainda chegam o excêntrico Luck e o misterioso Sagan. Mas Merit sente que é o oposto de todos ali.
Além de colecionar troféus que não ganhou, Merit também coleciona segredos que sua família insiste em manter. E começa a acreditar que não seria uma grande perda se um dia ela desaparecesse. Mas, antes disso, a garota decide que é hora de revelar todas as verdades e obrigá-los a enfim encarar o que aconteceu.
Mas seu plano não sai como o esperado e ela deve decidir se pode dar uma segunda chance não apenas à sua família, mas também a si mesma. As mil partes do meu coração mostra que nunca é tarde para perdoar e que não existe família perfeita, por mais branca que seja a cerca.

CoHo para mim ou é 8 ou 80. Incrível como seus livros parecem ser escritos por duas pessoas diferentes porque ou eu odeio ou eu amo os livros que ela escreve e mesmo assim ainda não desisti da autora porque ela escreveu alguns livros que eu simplesmente amei!

Mas As Mil Partes do Meu Coração me decepcionou e para mim foi um livro desnecessário, muito fictício, escrito na base da irrealidade. Nenhum tema que foi abordado aqui foi escrito de forma satisfatória e acabou se tornando mais um entre tantos livros com o tema adolescência e drama.

Basicamente a história gira em torno de Merit, que se apaixona pelo namorado da irmã gêmea depois de uma confusão, em seguida ele vai morar com ela, na casa dos pais que são separados: a mãe mora no porão (depressão) e o pai (traidor) mora nessa mesma casa com a nova esposa e o filho. Ou seja, uma confusão absurda e irrealista.

Os personagens foram mal construídos, principalmente Merit, que fica a fim do namorado da irmã e ninguém conversa sobre o assunto - um problema o qual facilmente poderia ter sido elucidado. Há muito preconceito rondando a narrativa com frases idiotas, mas não vou mencioná-las aqui. 



Os conflitos que a autora quis desenrolar acabaram não trazendo conteúdo nenhum à história, já que foram muito mal desenvolvidos, sem contar as frases preconceituosas. Enquanto em alguns livros a autora arrasa destacando temas pertinentes e atuais, em outros ela consegue me fazer sentir nojo pela forma abordada e conclusão de temas que poderiam ter sido muito bem discutidos. 

Ela quis tentar desenvolver vários temas importantes como depressão, suicídio, bissexualidade, mas nenhum deles se saiu bem. Que pena.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Assine a Newsletter

LINK ME!

Literatura Estrangeira

Mais Recentes

Literatura Estrangeira - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados