HOME

16 de julho de 2018

#RESENHA - Ao Pôr do Sol por Nora Roberts

Título: Ao Pôr do Sol
Autora: Nora Roberts
Editora: Bertrand
Páginas: 462
Idioma: Português
Ano de Lançamento: 2018
Gênero: Ficção/Suspense e Mistério/Romance
Skoob || Goodreads

Livro recebido de cortesia da editora

Compre aqui: Amazon | Saraiva
SINOPSE: O mais novo livro da mestra do romance e do suspense.

O rancho Bodine é um negócio familiar, um lugar sossegado que acolhe turistas em busca de longas cavalgadas sob o ar fresco de Montana e casais que desejam celebrar seu casamento a céu aberto. COm pouco mais de trinta mil acres, ele é o lar de quatro gerações — e, nos bastidores, Bodine Longbow gerencia tudo com garra e paixão, contando com a ajuda da família, da equipe e de um novo funcionário, Callen Skinner. Porém, o retorno de sua tia, há muito desaparecida — e a ameaça que segue em seu encalço — testarão os laços que prendem Bodine àquele lugar e àquelas pessoas, atirando-a num território sombrio que ela jamais poderia imaginar.

Ao Pôr do Sol é o meu primeiro contato com a autora e depois de ouvir tantas maravilhas sobre seus livros, principalmente este, quis dar uma chance... e a decepção não poderia ter sido maior. Vou explicar porque.

Neste livro temos duas personagens principais: Bodine que vive no presente e a tia dela, que foi sequestrada. A história vai para o passado e volta para o presente diversas vezes, até que as linhas finalmente se cruzam e temos uma história totalmente no presente. 

A parte do rapto da tia de Bodine, Alice, foi muito interessante: os detalhes são descritos de forma bem real e angustiante. Já a parte do presente com Bodine é completamente entediante, já que em quase todo o livro somos apresentados à rotina administrativa dela no rancho. Essa parte da história foi tão maçante que não consegui sentir nada pelos personagens, muito menos pelo fraco romance que começava a se desenvolver.

11 de julho de 2018

#RESENHA - Mais que Amigos por Lauren Layne

Título: #1 Mais que Amigos
Autora: Lauren Layne
Série: Love Unexpectedly
Editora: Paralela
Páginas: 224
Idioma: Português
Ano de Lançamento: 2018
Gênero: Romance Hot/Chick-lit
Skoob || Goodreads

Livro recebido de cortesia da editora

Compre aqui: Amazon | Saraiva
SINOPSE: Será que vale a pena arriscar uma grande amizade em troca de um amor inesquecível?

Aos vinte e dois anos, a jovem Parker Blanton leva a vida que sempre sonhou. Tem um namorado inteligente e responsável, um emprego promissor e a companhia de seu melhor amigo, Ben Olsen, com quem divide um lindo apartamento.
Parker e Ben são tão grudados que muita gente duvida que eles morem sob o mesmo teto sem nunca ter vivido um caso, mas eles não se importam com o que as pessoas pensam. Sabem que não foram feitos um para o outro — pelo menos não para se envolver.
Por isso, quando um acontecimento inesperado faz com que Parker se veja sem namorado e com o coração partido, ela sabe que pode contar com Ben para ajudá-la a sacudir a poeira e partir para outra. Afinal, ninguém seria mais ideal do que seu melhor amigo para lhe mostrar os prazeres da vida de solteiro… certo?
Mais que amigos é uma comédia romântica irresistível!


Mais que Amigos é um romance contemporâneo clichê, que poderia ter sido muito mais do que foi.
Narrado em primeira pessoa por Parker e Ben, vamos acompanhar a história do casal que são melhores amigos e colegas de casa. É claro isso que não daria tão certo e situações previsíveis vão se desenrolando aos poucos.

Quando li a sinopse e pensei sobre a história, imaginei que a autora seguiria uma linha diferente do que o enredo poderia previsivelmente se direcionar e por isso estava muito ansiosa por essa leitura.

6 de julho de 2018

#RESENHA - Corte de Asas e Ruína por Sarah J. Maas

Título: #3 Corte de Asas e Ruína
Autoras: Sarah J. Maas
Série: Corte de Espinhos e Rosas
Editora: Galera Record
Páginas: 687
Idioma: Português
Ano de Lançamento: 2018
Gênero: Fantasia/Jovem Adulto
Skoob || Goodreads

Livro recebido de cortesia pela editora

Compre aqui: Amazon | Saraiva
SINOPSE: O terceiro volume da série best-seller Corte de Espinhos e Rosas, da mesma autora da saga Trono de Vidro em “Corte de Asas e Ruína" a guerra se aproxima, um conflito que promete devastar Prythian. Em meio à Corte Primaveril, num perigoso jogo de intrigas e mentiras, a Grã-Senhora da Corte Noturna esconde seu laço de parceria e sua verdadeira lealdade. Tamlin está fazendo acordos com o invasor, Jurian recuperou suas forças e as rainhas humanas prometem se alinhar aos desejos de Hybern em troca de imortalidade. Enquanto isso Feyre e seus amigos precisam aprender em quais Grãos-Senhores confiar, e procurar aliados nos mais improváveis lugares. Porém, a Quebradora da Maldição ainda tem uma ou duas cartas na manga antes que sua ilha queime.


Essa resenha pode conter spoiler dos livros anteriores

Em Corte de Asas e Ruína, narrado novamente em primeira pessoa pela Feyre, temos um começo conturbado na Corte Primaveril, pois Tamlin não é um ser muito amável desde o segundo volume, quando a autora deu um banho de feminismo e empoderamento muito bem colocados em sua narrativa detalhada e poderosa.

Me senti um pouco vingada logo no começo do livro, que depois muda de direção e vemos um desenrolar de uma guerra eminente que pode destruir e acabar com muitos reinos. Enquanto a guerra não acontece, vemos muitos relacionamentos se desdobrarem, o de Rhys e Feyre se fortalecer, outros acontecimentos se revelarem e nos surpreender.
A guerra iria permanecer comigo muito depois do fim dela, alguma cicatriz invisível que iria talvez enfraquecer, mas nunca desaparecer completamente.

28 de junho de 2018

#RESENHA - Ele por Elle Kennedy e Sarina Bowen

Título: #1 Ele
Autoras: Elle Kennedy e Sarina Bowen
Série: Him
Editora: Paralela
Páginas: 256
Idioma: Português
Ano de Lançamento: 2018
Gênero: Romance Hot/LGBT
Skoob || Goodreads


Compre aqui: Amazon | Saraiva
SINOPSE: James Canning nunca descobriu como perdeu seu melhor e mais próximo amigo.
Quatro anos atrás, seu tatuado, destemido e impulsivo companheiro desde a infância simplesmente cortou contato.
O maior arrependimento de Ryan Wesley é ter convencido seu amigo extremamente hétero a participar de uma aposta que testou os limites da amizade deles.
Agora, prestes a se enfrentarem nos times de hóquei da faculdade, ele finalmente terá a oportunidade de se desculpar. Mas, só de olhar para o seu antigo crush, Wes percebe que ainda não conseguiu superar sua paixão adolescente.
Jamie esperou bastante tempo pelas respostas sobre o que aconteceu com seu relacionamento com Wes, mas, ao se reencontrarem, surgem ainda mais dúvidas.
Uma noite de sexo pode estragar uma amizade? Essa e outras questões sobre si mesmos vão ter que ser respondidas quando Wesley e Jamie se veem como treinadores no mesmo acampamento de hóquei.



Wes e Jamie são melhores amigos, porém algo que acontece no último acampamento onde treinam hóquei faz com que os dois parem de conversar e se distanciam. A revelação vai sendo aos poucos reveladas e aguardar para entender é desesperador e excitante ao mesmo tempo. 

Narrado em primeira pessoa pelos dois protagonistas, em Ele temos uma visão mais ampla dos anseios, dúvidas e questionamentos dos personagens e apesar de ser um livro escrito por duas mulheres, as descrições são bastante masculinas e verdadeiras. 

Sim, o livro é bem sexual e bota sexual nisso, mas não desmerece a história - temos personagens que estão no auge da sexualidade, condizendo com a forma que as escritoras resolveram levar o enredo.

23 de junho de 2018

#RESENHA - É Assim que Acaba por Colleen Hoover

Título: É Assim que Acaba
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Páginas: 368
Idioma: Português
Ano de Lançamento: 2017
Gênero: Romance/Drama
Skoob || Goodreads

Livro recebido em parceria com a editora

Compre aqui: Amazon | Saraiva
SINOPSE: Um romance sobre a força necessária para fazer as escolhas corretas nas situações mais difíceis. Da autora das séries Slammed e Hopeless.

Lily nem sempre teve uma vida fácil, mas isso nunca a impediu de trabalhar arduamente para conquistar a vida tão sonhada. Ela percorreu um longo caminho desde a infância, em uma cidadezinha no Maine: se formou em marketing, mudou para Boston e abriu a própria loja. Então, quando se sente atraída por um lindo neurocirurgião chamado Ryle Kincaid, tudo parece perfeito demais para ser verdade. Ryle é confiante, teimoso, talvez até um pouco arrogante. Ele também é sensível, brilhante e se sente atraído por Lily. Porém, sua grande aversão a relacionamentos é perturbadora. Além de estar sobrecarregada com as questões sobre seu novo relacionamento, Lily não consegue tirar Atlas Corrigan da cabeça — seu primeiro amor e a ligação com o passado que ela deixou para trás. Ele era seu protetor, alguém com quem tinha grande afinidade. Quando Atlas reaparece de repente, tudo que Lily construiu com Ryle fica em risco. Com um livro ousado e extremamente pessoal, Colleen Hoover conta uma história arrasadora, mas também inovadora, que não tem medo de discutir temas como abuso e violência doméstica. Uma narrativa inesquecível sobre um amor que custa caro demais.

Esse livro tinha que ser lido por todo mundo, principalmente porque vivemos em uma sociedade extremamente machista em que o homem pode tudo e a mulher, quase nada.

Não sou fã de carteirinha da CoHo, pois ela acerta em alguns livros e peca em outros, mas nesse ela acertou em cheio, pegando onde realmente incomoda. É Assim que Acaba não é um romance romântico com um história convencional, é um livro real, emocionante, que te faz pensar e repensar na vida, nos relacionamentos, na realidade de muitas mulheres no mundo todo.

Assine a Newsletter

LINK ME!

Literatura Estrangeira

Mais Recentes

Literatura Estrangeira - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados