HOME

1 de junho de 2016

#RESENHA - Kingpin por Lili St. Germain

Para tudo Brasel, isso sim é Dark.

Título: Kingpin
Autor(a): Lili St. Germain
Editora: HarperCollins
Série: Cartel
Páginas: 336
Idioma: Inglês
ISBN: B00KHHEZZM
Ano: 2016

SINOPSE: Eles dizem que o amor conquista tudo.
É mentira.
Cinco dias por semana, eu me vestia com roupas de negócios. Eu maquiava meu rosto, e passava a trabalhar como contadora. Mas nada sobre a minha vida era normal.
Por oito anos eu tinha sido a propriedade dos Gypsy Brothers Motorcycle Club. Eu lavava seu dinheiro tão bem que nunca me deixariam sair. O meu único raio de luz era o homem que eu amava. O homem que me salvou.
Dornan.
Seu amor tinha sido a única coisa que manteve os demônios na baía. Mas ele tinha se tornado tão imerso no negócio brutal do cartel que eu mal o conhecia mais.
Dornan tinha sido minha salvação, mas ele também foi a minha ruína.
Será que ele me puxou para baixo na escuridão até que ele me destruiu? Eu poderia salvá-lo?
Será que eu ainda quero?

_____________________________________________

Meu Deeeeeeeeus, se vocês acham que o que leram anteriormente era Dark, esqueçam, isso sim é DARK. Ô autora louca. Eu até chorei em algumas partes. Tem cenas muito fortes e tristes.
Mariana sofre com certeza da síndrome de Estocolmo. Ela acha que tem uma dívida com Dornan, uma dívida que ela pensa pagar com "amor". Dornan vai ficando cada vez mais imerso na escuridão e podridão a qual o cartel o arrasta e a cada livro fico chegando mais perto do nojo e ódio que eu sentia por ele em Gypsy Brothers.

O doido dessa série é que você já tem uma ideia das coisas que irão acontecer por causa da série anterior. E tudo vai ficando mais instigante e a agonia é intensa. Eu fiquei pensando no que poderia acontecer para aquiiiiiiilo acontecer! Foi muito bom saber certas coisas que aconteceram pelos bastidores do Gypsy Brothers. As linhas foram de juntando lá e cá e a leitura ficou muito fluída.
Não sou muito fã de spin-off, muito menos spin-off inverso, mas para essa série eu tiro o chapéu. Essa Lili. St. Germain é a diva do dark, com certeza.
Segurem o estômago e bora ler Kingpin.


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Assine a Newsletter

LINK ME!

Literatura Estrangeira

Mais Recentes

Literatura Estrangeira - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados