HOME

12 de julho de 2017

#RESENHA - Talvez um Dia por Colleen Hoover

Título: Talvez um Dia
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Páginas: 368
Idioma: Português
ISBN: 8501050318
Ano de Lançamento: 2016


Compre aqui: Saraiva | Submarino

SINOPSE: Um dos livros mais comentados de 2015, nos Estados Unidos, este é mais um sucesso arrebatador de Colleen Hoover, autora das séries Slammed e Hopeless.
Sydney acabou de completar 22 anos e já fez algo inédito em sua vida: socou a cara da ex- melhor amiga. Até hoje, ela não podia reclamar da vida. Um namorado atencioso, uma melhor amiga com quem dividia o apartamento... Tudo bem, até Sydney descobrir que as duas pessoas em quem mais confiava se pegavam quando ela não estava por perto. Até que foi um soco merecido. Sydney encontra abrigo na casa de Ridge. Um músico cujo talento ela vinha admirando há um tempo. Juntos, os dois descobrem um entrosamento fora do comum para compor e uma atração que só cresce com o tempo. O problema é que Ridge tem uma namorada, e a última coisa que Sydney precisa agora é se transformar numa traidora.


Talvez um Dia é um livro narrado em primeira pessoa por dois personagens. Sydney e Ridge. O primeiro contato que os personagens têm na história é quando Ridge está tocando na varanda do apartamento dele que fica de frete para o ap da Sydney. A Syd sempre fica na varanda escutando ele tocar. Ele então percebe que ela acaba acompanhando suas música cantando algo que ela inventou, já que ele só toca as melodias no violão.

A partir daí eles começam a desenvolver uma pequena amizade de longe, até que é aniversário de Sydney e ela achando que o namorado e a amiga com quem ela divide o apartamento vão fazer uma surpresa. E realmente é uma surpresa saber por Ridge que o seu namorado e a melhor amiga estão traindo-a.

Ela faz um barraco, soca a amiga, e sai do apartamento somente com uma mala direto para a chuva e lembra que esqueceu a bolsa no apartamento. Sem saber para onde e ir e não querendo pedir nada aos traidores, Ridge acaba convidando-a para ficar no apartamento de quatro quartos que ele divide com mais duas pessoas.

É inegável a atração que eles sentem um pelo outro, eles têm muita coisa em comum e a convivência é bem tranquila. Mas Ridge tem namorada, um namoro que já faz cinco anos. Embora seja claro o amor e a admiração que ele sente pela namorada Maggie, senti que ele tinha algum tipo de dívida com ela. Então ele acaba sentindo que seu coração está dividido, mas tem consciência de que sempre irá colocar Maggie em primeiro lugar.

...o desejo é fácil de combater. Especialmente quando a única arma que o desejo possui é a atração. Não é tão fácil quando você está tentando vencer uma guerra contra o coração...
É triste ver o desespero de pessoas que querem ficar juntas, mas estão muito confusas. Eu me senti bastante angustiada, sem saber o que pensar e sentir direito diante dessa confusão. Sem saber qual fim isso levaria, até que acontece uma pequena reviravolta e a gente se dá conta de como o fim vai ser.
Nada bom pode vir desse caminho. As linhas estão desenhadas, mas depois desaparecem. Por ela eu me curvo, por você eu me quebro.
Eu gostei bastante do livro, me indicaram para que começasse a ler os livros dessa autora por esse. Anteriormente tentei ler O Lado Feio do Amor e não consegui avançar na leitura, então eu acabei desistindo de ler CoHo. Que bom que decidi ler Talvez um Dia porque foi um livro apaixonante. Não foi uma história de cinco estrelas, porque não me emocionou ao ponto de me fazer pensar nele por dias a fio, mas é bom o bastante para receber 4,5 estrelas e me animar a conhecer mais livros dessa autora.

Eu vi gente falar que odiou o livro, que achou que o casal não tinha paixão. Eu vi muito amor e entendimento por parte deles, o que me fez adorar os personagens. São pessoas muito boas, que erram e tentam acertar, que buscam a sinceridade acima de qualquer vergonha ou arrependimento. Achei isso sensacional. Além dos personagens secundários que ajudam a compor a história. Eu ri bastante com as pegadinhas que eles aprontam um para o outro. Achei que a história precisava dessa leveza e casou muito bem com o que a autora propôs. 

Comente com o Facebook:

2 comentários :

  1. Parece ser um livro muito divertido.
    Adorei sua escrita, me deixou com muita vontade de ler.
    Cotinue assim, seu blog é maravilhoso.
    Beijo <3

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Primeiramente: amei as fotos, hehe! Bom, eu quero muito ler algo da autora, e com certeza vou ler esse livro um dia, parece realmente ser uma estória apaixonante. Gostei muito da resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir

Assine a Newsletter

LINK ME!

Literatura Estrangeira

Mais Recentes

Literatura Estrangeira - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados