HOME

11 de setembro de 2017

#RESENHA - #1 Crash por Nicole Williams

Título: #1 Crash
Autora: Nicole Williams
Trilogia: Crash
Editora: Planeta de Livros
Páginas: 256
Idioma: Português
ISBN: 8542210506
Ano de Lançamento: 2017


Livro cedido em parceria com a editora

Compre aqui: Saraiva | Amazon

SINOPSE: Para a adolescente Lucy, nada é mais importante que o balé. A dança a transporta para um mundo onde a dor, as lembranças ruins e a violência não existem. Um mundo só dela. Um dia, porém, aquela garota certinha é obrigada a mudar de escola. E é nesse novo ambiente, repleto de descobertas e Inseguranças, que conhece um garoto que só usa cinza e vive com uma toca de lã na cabeça. Jude, o maior bad boy da escola, é lindo e seria o sonho de toda garota, e talvez até o genro que todo pai pediu a Deus... se não tivesse sido preso várias vezes e não morasse num abrigo para garotos desajustados. Lucy não liga para a opinião dos outros: o mais importante é o que Jude sente por ela. E o rapaz parece disposto a abrir seu coração, ainda que um segredo que assombra o passado e o presente dos dois esteja prestes a estraçalhar essa paixão. “Jude era a doença para a qual eu não via cura. A droga da qual eu não queria me livrar nunca. ” LUCY


Crash é um livro jovem adulto narrado em primeira pessoa por Lucy, uma menina no ensino médio que passou por várias provações nos últimos anos: a perda do irmão, os pais falindo, o relacionamento deles desmoronando e por fim, um novo recomeço em uma escola pública. Apesar de ter vários problemas ela não reclama e vê no ballet uma forma de distração.

Logo no início do livro ela vê Jude na praia e fica deslumbrada com o rapaz e faz de tudo para chamar a atenção dele. Jude é um menino-problema e ele tem noção disso, então não facilita as coisas para Lucy de início, mas depois cede. No outro dia Lucy o vê na escola.
Meu nome é Jude Ryder, já que está salivando como um cachorro raivoso para saber, e eu não namoro, não me envolvo em relacionamentos, não mando flores e não telefono. Se não fizer questão de nada disso, talvez a gente possa pensar em alguma coisa especial.

A partir daí o romance logo se firma. Temos uma história clichê de menina certinha+menino bad boy que tinha tudo para se tornar uma história incrível, porém não me convenceu tanto assim. Achei que o romance foi muito rápido e que foi dada pouca atenção à Lucy e o ballet.

Eu ri com o rosto colado em sua camisa, tentando entender como um garoto com a reputação dele podia ter cheiro de sabonete e de sol da manhã e dizer as coisas mais doces que já tinha ouvido.
Temos aqui um romance, uma ruptura e um final feliz, como faz parte de todo romance clichê, mas isso não é sinônimo de história ruim, mas que em Crash se tonou um ponto negativo. Achei o enredo pouco profundo, principalmente porque o problema por trás da história é algo sério e denso e pouca ênfase foi dada ao assunto. O personagem Jude é muito rude, querendo mandar em tudo e em todos e principalmente em seu relacionamento com a Lucy, o que não me desce muito bem.

Muita gente ama Crash porque é um romance gostoso e simples, mas que tinha muito potencial para se tornar inesquecível, por isso dei apenas 3 estrelas. Crash é o primeiro livro da trilogia que vai contar a história dos mesmos personagens, Lucy e June, então com certeza vou ler os próximos livros e espero que os dois amadureçam bastante, principalmente Jude, que se dispôs a mudar. 

Comente com o Facebook:

11 comentários :

  1. Oii Anne
    É realmente uma pena que o romance não seja bem aprofundado porque eu acho que a história, apenas pela sinopse pedia. Não me da vontade de ler o livro, pois é justamente profundidade que me deixa com vontade de ler as obras.
    Amei a resenha pela sua sinceridade

    Beijos.

    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  2. Ei! Tudo bem?

    Eu sou bailarina, então a primeira vez que vi a capa desse livro na Amazon, eu surtei muito, fiquei pensando em como deveria ser incrível e blá blá blá. Enfim, acabei me decepcionando quando li a sinopse, logo de cara percebi que ia ser um típico clichê e na época eu não estava afim de ler; depois li algumas resenhas e nem todo mundo gostou muito; agora você me fala a mesma coisa, o livro não parece muito bom haha Enfim, não gosto quando o personagem masculino se acha o superior e sai mandando em tudo, isso é o que acaba com um livro pra mim, não sei nem se daria uma chance a Crash. De qualquer maneira, admiro sua sinceridade nessa resenha linda! Parabéns!

    Beijos!
    http://www.as365coresdouniverso.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá, eu quero muito ler esse livro estou com muita expectativa em relação a esse livro, é a primeira resenha negativa que eu li. Mais isso me deixa mais curiosa

    ResponderExcluir
  4. Eu sou uma romântica incurável! então podes crer que eu vou gostar! hahaha
    Acabo relevando detalhes como a profundidade da história, em livros curtos, que pra mim são os que tem menos de 300 pág, acho difícil o autor conseguir se aprofundar demais mesmo. E como é uma série, com certeza vem mais detalhes por ai!

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, adoro livros que no enredo vem dança, principalmente o balé, eu não perco um filme também kkkk. Apesar de vc não ter curtido tanto o livro assim, fiquei super curiosa com a proposta do livro, então futuramente quero ler sim, bjus, e obrigada pelas dicas, amei os quotes.

    ResponderExcluir
  6. Parece o típico cliche. A mocinha se apaixona pelo badboy e tem todo aquele drama envolvido. Definitivamente meu tipo de livro. Adorei sua resenha e amo livros em primeira pessoa. Então estou muito curosa para saber o ponto de vista da Lucy.

    ResponderExcluir
  7. Olá, Anne! tudo bom? (:
    Queria muito ler, mas ando vendo resenhas negativas.. e não gosto quando nao desenvolvem direito a história ou os personagens.. isso é essencial pra mim! enfim, no mais, sua resenha ficou otima, como sempre! ameeeeei!
    Beijos, Yasmim.

    Blog: https://literarte.blog.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bom?
    Que pena que não gostou tanto do livro. Eu concordo contigo, acho que é muito melhor uma história bem desenvolvida e aprofundada.
    Pelo jeito, esse livro tinha tudo pra dar certo, mas que pena que não rolou.

    Beijos
    Amor Literário

    ResponderExcluir
  9. Olá
    é uma pena quando não fazem um desenvolvimento bom como vc disse que foi em Crash :(. Adorei a resenha, beijos!

    coresliterarias.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá! Muito comum livros que não se aprofundam em assuntos importantes. Fico triste com isso, mas adorei a resenha! Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Olá!

    Esse foi meu primeiro contato com esse livro e bom, eu passo! Hahaha
    Adoro livros em que a garota é dona de si e esse não me parece ser assim.
    Sua resenha está ótima!

    Beijos!

    ResponderExcluir

Assine a Newsletter

LINK ME!

Literatura Estrangeira

Mais Recentes

Literatura Estrangeira - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados