HOME

20 de outubro de 2017

#RESENHA - History is All you Left me by Adam Silvera

Título: History is All you Left me
Autor: Adam Silvera
Editora: Soho Teen
Páginas: 320
Idioma: Inglês
ISBN: B01EQ2O3CS
Ano de Lançamento: 2017
Skoob || Goodreads


Compre aqui: Amazon | Saraiva

SINOPSE: Quando o primeiro amor e ex-namorado de Griffin, Theo, morre em um acidente de afogamento, seu universo implode. Embora Theo tivesse se mudado para a Califórnia para a faculdade e começado a ver Jackson, Griffin nunca duvidava que Theo voltasse para ele quando a hora fosse certa. Mas agora, o futuro que ele tem imaginado para si mesmo está bem longe.
Para piorar as coisas, a única pessoa que realmente entende sua mágoa é Jackson. Mas não importa o quanto eles se abraçam, a espiral descendente de Griffin continua. Ele está se perdendo em suas compulsões obsessivas e escolhas destrutivas, e os segredos que ele tem mantido estão separando-os.
Se Griffin quiser reconstruir seu futuro, ele deve primeiro confrontar sua história, cada última parte dolorosa no enigma de sua vida.


History is All you Left Me é um romance jovem adulto LGBT narrado em primeira pessoa pelo Griffin, que está passando por um momento muito complexo de sua vida. Ele terminou a pouco tempo o relacionamento com Theo, que seguiu em frente com Jackson e acaba de saber que ele morreu afogado.  

Deixado para lidar com sua dor e perda, o TOC de Griff se agrava e acaba atrapalhando ainda mais sua vida. No enterro, Griff conhece Jackson e os dois, inacreditavelmente, começam a construir uma 'amizade' e se apoiam, afim de superar essa perda dolorosa. 
Este é o momento do fim. É aí que desistimos da esperança de reverter o tempo, onde abandonamos a busca da cura da morte, onde vivemos neste universo sem Theo, onde dizemos adeus.
This is the moment of the end. This is where we give up hope on reversing time, where we abandon finding a cure to death, where we live in this Theo-less universe, where we say goodbye.

A narrativa vai se intercalando em dois tempos: a história de Griff e Theo contada no passado e o presente (que é logo depois da morte de Theo). Uma hora esses dois pontos de encontram e é aí que nós entendemos algumas incógnitas que foram postas logo no começo. 

Esse livro possui um tom triste e melancólico, onde adolescentes estão tentando superar suas perdas do seu próprio jeito, às vezes com atos falhos, mas verdadeiros. Nenhum personagem aqui é perfeito, todos cometem erros e isso não diminui seu caráter.

Enquanto a narrativa se desenvolve no passado, logo percebemos um elo de amizade muito forte que foi abalado por algo que vamos decifrar só mais a frente. Griff, Theo e Wade eram inseparáveis e mesmo após Griff assumir ser gay e investir nos sentimentos que têm pelo Theo, a amizade do trio não muda. Essa parte da história é recheada de referências nerds e bom humor. Eu ri muito na parte da farmácia (se você ler esse livro, vai entender).

"Eu sei que você não precisa de conversas de pássaros e abelhas", continua papai. "Pássaros e pássaros? Talvez sejam abelhas e abelhas? Não tenho certeza se o pássaro ou a abelha é o menino nesse idioma." Ele se perde tentando entender isso por um segundo antes de retornar à terra.
“I know you don’t need some birds-and-bees talk,” Dad continues. “Birds and birds? Maybe it’s bees and bees? I’m not sure if the bird or the bee is the boy in that idiom.” He gets lost trying to figure that out for a second before returning to earth.

Uma coisa muito positiva que senti neste livro foi o desenvolver de uma história LGBT sem homofobia. Muitos livros desse gênero carregam o peso da autoaceitação e da discriminação, mas aqui não. Em History is All you Left Me temos um romance leve, que vai simplesmente acontecendo, uma representação positiva de meninos gays e bissexuais, além de conscientização de prevenção com o uso da camisinha na hora do sexo.

No entanto, eu senti pouca conexão com os personagens, principalmente com Griff e apesar de reviravoltas serem algo positivo, quando aconteceu no livro fui pega desprevenida e não gostei da forma como a situação foi abordada. No decorrer da leitura, achei que a história pareceu um pouco fria e lenta e as coisas não aconteciam com o ritmo que eu esperava.

Se eu recomendo? Muito! Eu adorei o primeiro contato que tive com o autor, pois não tem como negar o talento que ele tem com as palavras e a questão LGBT aqui foi apresentada de forma leve, sem o fardo do drama da homofobia nas vidas dos personagens. Temos um enredo e pais mais evoluídos e conscientes. Talvez só não fosse a hora de eu ler, pois ando lendo muitos livros com trama lenta e fiquei ansiando por um desenvolvimento mais rápido. 
Me desculpe, mas não fique com raiva de mim por reviver tudo. História é tudo o que você me deixou.
I'm sorry, but please don't be mad at me for reliving all of it. History is all you left me.


Se você ficou com vontade de ler, mas não sabe ler em inglês, calma que a Hoo Editora vai lançar esse livro ainda esse ano. Já até saiu capa!

Compre na amazon em pré-venda o ebook clicando aqui.

Vem aí, do autor best-seller do New York Times, uma história cheia de tristeza e transtornos mentais sobre as consequências devastadoras que a recusa por abandonar o luto pode desencadear. Quando o primeiro amor e ex-namorado de Griffin, Theo, morre afogado em um acidente, seu universo implode. Embora Theo tivesse se mudado para a Califórnia para cursar a faculdade e começado a namorar Jackson, Griffin nunca duvidou de que Theo voltaria para ele quando chegasse a hora certa. Porém, o futuro que ele tanto desejava está despedaçado. Para piorar as coisas, a única pessoa que realmente entende sua tristeza é o Jackson. Mas, não importa o quanto eles conversem e se entendam, a espiral depressiva de Griffin continua. Ele está se perdendo em suas compulsões obsessivas e escolhas destrutivas, e os segredos que ele tem guardado o estão consumindo. Se Griffin pretende reconstruir sua vida, ele precisará visitar e confrontar o que viveu com Theo, história por história.

Comente com o Facebook:

7 comentários :

  1. Ei! Tudo bem?

    Que história mais linda! Eu daria uma chance principalmente porque não li muitos romances LGBT e eu amaria ter um contato maior com o estilo. Gostei muito de saber que o livro não vai pra esse lado de autoaceitação e tals, isso ajuda muito, na minha opinião. Amei a resenha, você super me convenceu a ler a obra! Espero me apaixonar.

    Beijos!
    Blog | As 365 Cores do Universo

    ResponderExcluir
  2. Oii Tudo bem?
    Primeiro de tudo, amei a resenha esta umam amor e super bem escrita. Segundo, o livro também parece ser bem lindo. Eu normalmente não leio livros LGBT por não Gostar do apelo que normalmente tem para o lado da violencia. Gostei desse livro justamente por não ter isso. É um livro sobre os sentimentos de uma pessoa e ponto. É extraordinário. Beijos.

    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  3. Deu pra perceber que o livro carrega uma carga emocional intensa.
    Eu dei um tempo nesse gênero pq meu coração precisa se recuperar rsrs, mas achei bem legal sua sinceridade sobre a experiência em ler!

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Fiquei apaixonada! Estou encantada pela capa e pela ideia, mesmo que por alguns ângulos pareçam um pouco clichê (isso do passado obscuro e superação) mas eu AMO enredos assim, acho que sempre nos ensinam algo e achei incrível também o fato de ser LGBT. A sua resenha está maravilhosa <3 Já quero o livro pra mim!

    Um beijo, Carol
    blogcomv.org

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bom? Eu adorei a sua resenha, está bem leve de se ler. Adoro essas edições em inglês, são tão linda, o vocabulário é fácil?
    Eu adorei a proposta do livro e fiquei curiosa para conhecer mais sobre a obra. Suas fotos estão lindas.

    Beijos.
    Amor Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Aline, tudo bem? Ele é muito fácil de ler. Se você não tem muita experiência, pode ler tranquilo. Tirando as partes que eles mencionam jogos e filmes é bem tranquilo.

      Excluir
  6. Olá, eu sempre vejo que o livraria em casa sempre falar sobre esse livro, espero que ele venha para o Brasil pois quero muito ler

    ResponderExcluir

Assine a Newsletter

LINK ME!

Literatura Estrangeira

Mais Recentes

Literatura Estrangeira - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados