HOME

26 de agosto de 2018

#RESENHA - E Se Acontece? por Melanie Harlow & David Romanov

Título: E Se Acontece?
Autores: Melanie Harlow & David Romanov
Editora: Hoo
Páginas: 336
Idioma: Português
Ano de Lançamento: 2018
Gênero: Ficção/LGBT
Livro recebido de cortesia da editora

Compre aqui: Amazon | Saraiva
SINOPSE: Eu não queria me envolver com Derek Wolfe. Eu não queria me envolver com ninguém. Tudo o que eu queria era começar uma nova vida na América. Mas, quando me encontrei sem ninguém e sem abrigo, ele veio em meu socorro, oferecendo-me um lugar para ficar. Ele é inteligente, bem-sucedido e sexy como o inferno, mal posso dormir sabendo que ele está bem no corredor. E, quando a química entre nós explode uma noite com uma paixão feroz e ardente, é difícil negar que existe algo real entre nós. Mas ele nega. Ele diz que estava bêbado. Ele diz que não voltará a acontecer. Ele diz que não quer este tipo de relação, e que nós não significamos nada. Ele está mentindo. Porque aconteceu novamente, e novamente, e novamente. E é melhor sempre do que a última vez. Sei que podemos ser bons juntos, e eu quero ter a chance de tentar, mas acabei por fugir dele. Porém, o universo parece nos colocar juntos uma e outra vez nos dando sempre o questionamento inevitável "E se acontece" e nos deixamos amar um ao outro?

E se Acontece? vai acompanhar a história de Maxim, um jovem sonhador que vem para os EUA em busca de oportunidades e acaba se lascando. E Derek, um cara mais velho, bem sucedido, maníaco por limpeza e organização e louco para casar e constituir uma "família tradicional" até que Maxim entra em sua vida.

Ela era exatamente o tipo de mulher que eu imaginava para mim. Nada nela me desagradava. O problema? Nada nela tampouco me excitava.
Em resumo, Maxim é uma pessoa bem resolvida com sua sexualidade, já Derek tem muita dificuldade em aceitar a atração que sente pelos homens, então vocês já sabem - muito vai ser falado sobre aceitação e preconceito. 

O que me desagradou na leitura foi a falta de conexão que senti entre os personagens e o insta love que acabou acontecendo, já que a história é contata em um espaço de poucos meses. Também achei tudo sexualizado ao extremo, que pra mim é desnecessário. Claro que eu adoro umas cenas picantes bem boladas e montadas no contexto certo, porém, as cenas de sexo aconteciam quase aleatoriamente e o tempo todo de forma pouco romantizada, quase como uma punição.

Muitos personagens que apareceram durante a leitura simplesmente desaparecem sem ter importância ou relevância nenhuma no enredo. Com certeza esperava mais desse livro, mas eu agradeço muito pela existência da Hoo Editora, um selo específico para livros LGBTQ+, um tema que eu amo adorar! Por mais livros desse gênero aqui no Brasil.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Assine a Newsletter

LINK ME!

Literatura Estrangeira

Mais Recentes

Literatura Estrangeira - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados