HOME

24 de junho de 2016

#RESENHA - Beijo de Sangue - J.R. Ward


Título: Beijo de Sangue
Autor(a): J.R. Ward
Editora: Universo dos Livros
Série: Legado da Irmandade da Adaga Negra (spin-off de IAN)
Páginas: 416
Idioma: Português
ISBN: 9788579309755
Ano: 2016
Classificação: ♥♥♥♥♥
Compre aqui: Saraiva | Submarino 

SINOPSE: Os guerreiros da Irmandade da Adaga Negra marcam presença em uma nova série, repleta de aventura e romances muito quentes...
Paradise, filha do Primeiro Conselheiro do Rei, está pronta para se libertar da vida restritiva imposta às fêmeas da aristocracia. Sua estratégia? Entrar no programa do Centro de Treinamento da Irmandade da Adaga Negra para aprender a lutar por si mesma, a pensar por si mesma... ser ela mesma. É um bom plano, até tudo dar errado. As aulas são inimaginavelmente difíceis, seus colegas de sala são mais inimigos que aliados e está bem claro que o Irmão encarregado, Butch ONeal, também conhecido como Dhestroyer, está atravessando sérios problemas em sua vida particular.
E tudo isso antes mesmo de ela se apaixonar por um colega de turma. Craeg, um cidadão comum, que não se parece em nada com o que o seu pai desejaria para ela, mas que é tudo o que ela poderia pedir em um macho. Quando um ato de violência ameaça pôr fim ao programa, e a atração erótica entre eles fica cada vez mais irresistível, Paradise é testada de maneiras que ela sequer poderia ter imaginado, o que a faz ponderar se é forte o bastante para reivindicar seu próprio poder dentro do campo de batalha e fora dele.

 ________________________________________

Pra quem não sabe, esse livro é o primeiro livro do spin-off da série Irmandade da Adaga Negra, Legado da Irmandade da Adaga Negra. Mas é recomendável que seja lido em ordem de lançamento feito pela editora.
Nesse livro os personagens principais são Paradise e Craeg e Marissa e Butch, que são personagens da série IAN e que já tiveram livro especial para eles.


Eu fiquei bem decepcionada com o último livro do IAN, Os Sombras, que achei muito sem graça e os personagens principais não tinham conexão nenhuma entre eles, muito menos paixão. Então comecei a ler Beijo de Sangue um tanto receosa.
Mas, para minha surpresa e grande alívio, o livro foi uma delícia de ler. O novo casal é um amor e a história não teve enrolação. Foi direito ao ponto dos acontecimentos e a leitura foi tão fluida que terminei rapidinho.


O livro também mostrou um pouco da crise do casal Butch e Marissa. Nenhum relacionamento é um mar de rosas, o mesmo acontece com os irmãos de IAN. Cada um tem seus problemas, suas aflições e medos, e a autora quis passar isso.
Por mais que eu ache que a série não precise mais de livros, pois a série já é composta por 15 livros, eu não consigo deixar de ficar ansiosa pelos próximos. Ward consegue inventar novas situações e fazer com que a história se movimente e não fique estagnada.
O próximo livro a ser lançado vai ser A Besta, que vai contar a história de Rhage. Mais uma vez mostrando as aflições e medo de mais um Irmão de IAN. O lançamento vai ocorrer na Bienal de SP de 2016, ou seja, vou voltar de lá com esse livro maravilhoso em mãos!

Depois de quase entrarem em guerra com os Sombras, as alianças se alteraram e as fronteiras foram delimitadas. Os assassinos da Sociedade Redutora estão mais fortes do que nunca, aproveitando-se das fraquezas humanas a fim de obterem mais dinheiro, mais armas, mais poder. Contudo, enquanto a Irmandade se prepara para atacá-la com toda força, um dos seus guerreiros tem uma batalha íntima para combater… Para Rhage, o Irmão com os maiores apetites, mas também com o maior coração, a vida deveria estar perfeita – ou, pelo menos, perfeitamente agradável. Mary, sua amada shellan, está ao seu lado; além disso, seu Rei e os Irmãos estão prosperando. Rhage, porém, não consegue entender – tampouco controlar – o pânico e a insegurança que o afligem… E isso o apavora – assim como o afasta da sua companheira. Após sofrer um ferimento letal numa batalha, Rhage necessita reavaliar suas prioridades. Quando a resposta surge, abala o seu mundo... e o de Mary. Todavia, Mary se lançou a uma jornada própria, que tanto pode aproximá-los como pode ser a causa do rompimento do qual nenhum dos dois se recuperará…

Comente com o Facebook:

Um comentário :

  1. Excelente resenha. Aliás como todas do blog. Vcs são ótimas meninas. O blog é lindo.

    ResponderExcluir

Assine a Newsletter

LINK ME!

Literatura Estrangeira

Mais Recentes

Literatura Estrangeira - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados