HOME

14 de julho de 2016

#RESENHA - Extraordinário por R.J. Palacio

Oi gente. A resenha de hoje é sobre um livro muito fofo, Extraordinário.
Esse mês entrei num bloqueio literário terrível. Não sei o que aconteceu! Rs... Mas enfim, terminei de ler hoje esse livro lindo!!

Título: Extraordinário
Autor(a): R.J. Palacio
Editora: Intrínseca
Série: Livro Único
Páginas: 320
Idioma: Português
ISBN: 9788580573015
Ano: 2013
Classificação: ✫ ✫ ✫ ✫

Compre aqui: Submarino | Saraiva

SINOPSE: August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.
R. J. Palacio criou uma história edificante, repleta de amor e esperança, em que um grupo de pessoas luta para espalhar compaixão, aceitação e gentileza. Narrado da perspectiva de Auggie e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade. Um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo, que vai tocar todo o tipo de leitor. 

___________________________________________________

O livro conta a história de Auggie, um menino de dez anos que tem uma deformidade no rosto muito rara. Um em quatro milhões de chances de nascer assim. Desde que nasceu ele foi submetido à várias cirurgias. Devido aos cuidados que ele precisava, ele nunca frequentou a escola. Mas sua mãe insistiu para que ele começasse a estudar em uma porque havia coisas que ela não sabia ensinar e com muita luta ele aceitou.
Ele já sabia que ia ser um momento difícil, porque todo mundo olhava estranho pra ele, até mesmo os adultos. E as crianças podem ser muito cruéis. Então quando ele entra na escola, é exatamente isso que acontece. Auggie sofre muito bullying, e é muito triste de ver as crianças, seres que a gente imagina ser são inocentes, falarem tanta coisa horrível.
Mas apesar de tudo, Auggie é bem comunicativo e alegre. Faz piada de si mesmo.


O livro é contato não só pela perspectiva de Auggie, mas também pela irmã dele e alguns amigos. Então você consegue entender o que as pessoas veem, e não só o que ele enxerga de si mesmo e da sua aparência.
A história acabando sendo feliz porque ele tem uma família muito bem estruturada e alegre. Mas confesso que eu esperava mais. Até porque sabemos que a trajetória dele só está no começo, assim como as dificuldades. Sabemos que na adolescência tudo se intensifica.


Mas o livro e bem alto astral. Eu achei que ia me debulhar em lágrimas, mas me contive, porque no geral, a história é toda trabalhada em seu lado positivo e alegre. O lado de fazer amigos, conhecer pessoas boas, mudar as concepções distorcidas de algumas pessoas...
Eu realmente chorei na parte de Dayse. Ai meu Deus, mas livros com animais partem o meu coração!


Não vou descrever minha aparência. Não importa o que você esteja pensando, porque provavelmente é pior.







Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Assine a Newsletter

LINK ME!

Literatura Estrangeira

Mais Recentes

Literatura Estrangeira - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados