HOME

21 de março de 2017

Mulher estuprada e agressor escrevem livros juntos

Thordis Elva tinha 16 anos quando foi estuprada pelo então namorado Tom Stranger. Na época o jovem tinha 18 anos e se aproveitou que ela tinha bebido e abusou da menina na sua própria casa e cama. Ela não tinha consciência de que tinha sofrido abuso sexual e acabou não denunciando. 
Eu tinha 16 anos e estava apaixonada pela primeira vez na vida. Fiquei machucada e chorei muito por semanas, mas tudo era muito confuso para mim. Tom era meu namorado, não um lunático. E o estupro ocorreu na minha cama, não em uma viela. Quando finalmente concluí que havia sido estuprada, Tom já tinha voltado para a Austrália, ao final de seu programa de intercâmbio. 
Depois de 9 anos ela acabou compreendendo o que realmente tinha acontecido e mandou uma carta ao ex-namorado, que na época tinha ido embora fazer intercâmbio. Stranger respondeu confessando o estupro e ainda disse que faria o que fosse necessário. A partir daí os dois escreveram um livro sobre essa história e acabou chamando atenção mundial.

Eles também fazem palestra interpretando o diálogo do livro. 
Repudiei o ato mesmo quando o cometia. Mas contei para mim mesmo uma mentira, a de que havia sido sexo, não estupro. Negligenciei o imenso trauma que causei a Thordis. E a mentira me deixou com uma culpa atroz.
Mas a história não foi recebida de ânimo leve por vítimas de estupro que alegam que Tom esteja ganhando dinheiro em cima de um ato repulsivo. Mas os dois se defendem dizendo que é preciso "demonstrificar" os agressores. 
A demonização dos agressores pela mídia atrapalhou minha recuperação. O fato de Tom não ser um monstro e, sim, uma pessoa que tomou uma decisão terrível tornou ainda mais difícil para mim reconhecer seu crime. A violência sexual não pode ser tratada apenas como assunto feminino.
É sempre bom lembrar que romantizar o estupro é um ato quase tão horrível como de quem o comete. Em muitos livros que li e ainda leio, essa cultura ainda está fortemente presente. 

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Assine a Newsletter

LINK ME!

Literatura Estrangeira

Mais Recentes

Literatura Estrangeira - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados