HOME

6 de abril de 2017

#RESENHA - Raio de Sol por Kim Holden

Título: Raio de Sol
Autor: Kim Holden
Série: Bright Side
Editora: Planeta de Livros
Páginas: 448
Idioma: Português
ISBN:  B01ERK6G1W
Ano de Lançamento: 2016
Livro cedido em parceria com a editora

Compre aqui: Saraiva | Submarino

SINOPSE: Segredos.
Todo mundo tem um.
Alguns são maiores que os outros.
Alguns, quando revelados,
Podem curar você...
E outros podem acabar com você.
''Faça épico'', costuma dizer Kate Sedgwick quando quer estimular alguém a dar o melhor de si. Nascida numa família-problema, com direito a mortes e abandono, a garota de dezenove anos sempre buscou fazer a diferença. Em vez de passar os dias lamentando os infortúnios da vida, como tantos fariam em seu lugar, sempre vê as coisas pelo lado positivo não é por outro motivo que Gus, seu melhor amigo, a chama de Raio de Sol.
E é por isso que, quando passa na faculdade e se muda da ensolarada San Diego, na Califórnia, para a fria cidade de Grant, em Minnesota, ela leva consigo apenas boas lembranças e perspectivas. O que ela não espera é que será surpreendida pelo amor único aspecto da vida em relação ao qual nunca quis ser otimista ao conhecer Keller Banks, um rapaz que parece corresponder aos seus sentimentos.
Acontece que tanto ele quanto ela têm um segredo. 
E segredos, às vezes, podem mudar tudo.


Raio de Sol é um livro narrado em primeira pessoa basicamente pela personagem Kate. Kate é uma garota de 20 anos super alto astral e positiva, apesar dos problemas que já enfrentou na vida. Para ela tudo tem um lado bom e ela se apega a esse lado. Muitas vezes as pessoas são negativas e chafurdam na tristeza, Kate não, ela transforma esses momentos em crescimento pessoal.
A gente só precisa aproveitar ao máximo.
Kate está começando a faculdade e a última coisa que ela quer agora é se apaixonar, mas ela acaba conhecendo Keller, que rouba seu coração e se apaixonar é inevitável. Ela esconde um segredo - que não me pegou de surpresa, pois matei a charada logo de início - mas acaba pegando de surpresa os novos amigos que ela vez na cidade.


O mais bonito nesse livro é a alegria contagiante de Kate. Seu melhor amigo, Gus, a chama de Raio de Sol porque ela ilumina tudo por onde passa. Apesar de ser um livro muito válido por levar em conta o lado positivo em relação à vida e seus problemas, eu achei que demorou um pouco para deslanchar. A primeira metade foi bem devagar. Eu não compreendi a aparição de alguns personagens que não tiveram contribuição nenhuma na história do livro (como a tia dela e a colega de quarto). Não fizeram diferença nenhuma na história. 
Ela é um exemplo de positividade. É toda raio de sol. Ela não só vê o lado bom das coisas… ela mora lá.
Achei muito bonito o jeito que a autora colocou a amizade como sendo algo tão importante. Hoje em dia as pessoas parecem não ter muito tempo para isso, não fazem questão de cultivar boas amizades e vemos tanta sacanagem sendo feita tanto na vida real quanto na literatura, que ver um grupo de amigos se divertindo e sendo leais aliviou o peso de ler tanta desgraça. Rs...


É um livro que não dá pra se aprofundar muito na resenha porque senão vai sair spoiler para tudo quanto é lado. A história gira em torno de algumas coisas que vocês têm que sacar ao ler, senão perde o charme. Embora a história tome um rumo bem previsível, o que chamou a atenção de tantos leitores com certeza é a maneira positiva da personagem com relação a TUDO! Muitas vezes as mocinhas são chatas e deprimentes, mas aqui não. Te faz botar a mão na consciência e avaliar que peso você dá aos seus problemas. Porque chorar e se fazer de vítima não vai ajudar. Ser positivo não te trás coisas boas? #sejamospositivos Kkkkkkkkkk
Você é corajoso…
Agora, vá… faça épico!
É uma ordem. Ande.
Por favor.

Comente com o Facebook:

Um comentário :

Assine a Newsletter

LINK ME!

Literatura Estrangeira

Mais Recentes

Literatura Estrangeira - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados