HOME

22 de junho de 2017

#RESENHA - Notas Suicidas de Belas Garotas por Lynn Weingarten

Título: Notas Suicidas de Belas Garotas
Autor: Lynn Weingarten
Editora: Plataforma21
Páginas: 328
Idioma: Português
ISBN: 859278316X
Ano de Lançamento: 2017
Livro cedido pela editora

Compre aqui: Saraiva | Livraria da Travessa

SINOPSE: June sempre foi solitária. Até conhecer Delia Cole no sexto ano do colégio. Elas se tornaram inseparáveis, compartilhando a perda da inocência e o florescer da malícia na adolescência.
Para June, não havia ninguém como sua melhor amiga. Delia era a garota mais bela do mundo quando sorria, e incendiava aqueles que a rodeavam. Embora, às vezes, se tornasse fria e sombria. As duas acreditavam que nada poderia separá-las… até aquela estranha noite que as afastou por um ano – e depois para sempre.
Quando o vice-diretor da escola North Orchard anuncia que Delia está morta, uma onda de angústia toma conta de June. Dois dias antes, a amiga havia ligado para ela, mas June ignorou as chamadas.
Todos dizem que Delia ateara fogo no próprio corpo. Sua melhor amiga havia se matado. June não consegue aceitar. Delia não seria capaz disso. Ou seria? Então, quando bilhetes póstumos da amiga começam a chegar, June se convence de que ela fora assassinada. Alguém estava mentindo nessa história, e a lista de suspeitos é perturbadora.
O que June fará quando toda a verdade vier à tona?


Notas Suicidas de Belas Garotas tem seu enredo narrado basicamente em primeira pessoa no presente e quando há alguns flashbacks, a narrativa se transforma em terceira pessoa. É um livro complicado de resenhar e de falar, pois o tema dele não é fácil: suicídio, assédio, adolescentes problemáticos, sexo, etc. 

Para falar sobre esse livro eu vou dividir em duas partes - literalmente - pois a primeira parte do livro foram só coisas boas e mudou um pouco quando aconteceu o plot-twist exatamente na metade dele. Além disso, muitas coisas da metade para frente podem ser caracterizadas como spoiler, então tudo que vou falar aqui é basicamente sobre a primeira metade do enredo.

Primeira parte: O livro começa sendo narrado por June, uma adolescente de 16 anos naquela fase do ensino médio. Ela não é rica, nem a popular da escola, mas tampouco sua vida chega a ser detestável além do fato que sua mãe não ser uma pessoa muito presente. Ela tem um namorado aparentemente normal e comedido. Tudo anda supostamente bem até que eles descobrem que Delia, aluna da escola, cometeu suicídio. Delia era uma amiga muito íntima de June, mas por circunstâncias desconhecidas, pararam de se falar já faz um ano.

June fica meio perplexa depois de saber como a amiga se suicidou, tem algo a ver com fogo, o que é inadmissível para June, pois a amiga nunca aparentou ser suicida e tinha uma aversão conhecida à fogo. Ela não acredita nisso e começa a ir atrás dos motivos. Enquanto algumas pistas vão aparecendo, June começa a ficar bem confusa, porque parece estar dando dois passos para frente e três para trás.

– Ela não se matou, June.
[...]
– Delia foi assassinada.
Ao longo do livro percebemos que tipo de amizade Delia e June tinha. Delia nunca foi flor que se cheire, sempre entrando em enrascadas e levando June consigo. Senti que Delia tinha traços de gente psicopata e June de submissão. O que não pode resultar em algo bom.
June abre e fecha a boca doce, como um peixe. Quero enfiar meus dedos lá, até o fim de sua garganta, até tocar seu coração. Respiro fundo e mantenho as mãos ao lado do corpo.
Algumas pessoas parecem estar envolvidas, o que não faz sentido para June e ela não consegue montar esse quebra-cabeça. Quando ela parece estar em um beco sem saída, acontece o tal plot-twist do qual eu não posso falar.

Até essa primeira parte achei a história bastante intrigante. Não dá pra saber onde esse barco vai dar e para onde ele está indo. A escrita da autora também é bem fluida e envolvente. Vários mistérios são jogados ao longo da narrativa, aumentando a expectativa do leitor.

Segunda parte: O problema nessa segunda parte da história é que tudo é muito sugestivo. Algumas situações e personagens não fizeram sentido estarem ali. Eu como leitora, preciso saber que tudo que acontece no livro tenha algum motivo e explicação. Mas muitas coisas foram deixadas suspensas, o que me incomodou bastante. No final achei que ia rolar um fechamento um tanto épico, mas eu terminei a leitura muito confusa, sem saber o que achar de tudo que li e sem entender totalmente a história. 
Não consigo lembrar qual é a sensação de sentir falta, ou qualquer outra.
Sei que tem gente que vai gostar bastante. O livro é pequeno e dá pra ler em um dia, então sempre digo para que leiam e tirem suas próprias conclusões. 

Comente com o Facebook:

4 comentários :

  1. Oi, Anne!
    Pode ser por conta do tamanho do livro que algumas coisas não foram bem desenvolvidas.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Três Anos de A Colecionadora de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade nem foi isso não. Foi a intenção da autora desde o início, infelizmente.

      Excluir
  2. Hey, Anne!
    Que resenha maravilhosa! Fiquei super curiosa para saber o tal plot twist que tornou a história confusa e que você não pode contar. Mas já percebi que é um livro que eu não gostaria tanto. Infelizmente, algo bem parecido com o que aconteceu com você, no final desse livro, aconteceu comigo com o final de um outro livro. Até mandei email para a autora pedindo explicações, você acredita? rs. Não consigo ficar quieta enquanto não tenho CERTEZA do que aconteceu. Final com suspense pra mim não dá certo... rs.
    P.S.: Meu God! seu layout é o mais bonito que já vi na vida! *o* Sério, que lindeza! Amei demais!!
    Mil beijokas - Entre um Livro e Outro

    ResponderExcluir
  3. Olá, Anne.
    Sou dessas que gosta de tudo explicadinho. Até curto alguns finais abertos, mas depende do gênero do livro. Tem livro que necessita sim de explicações. Eu até estava interessada por causa da primeira parte, mas depois desanimei. Acho que não lerei.

    Prefácio

    ResponderExcluir

Assine a Newsletter

LINK ME!

Literatura Estrangeira

Mais Recentes

Literatura Estrangeira - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados