HOME

4 de agosto de 2017

#RESENHA - Outros jeitos de usar a boca por Rupi Kaur

Título: Outros jeitos de usar a boca
Autora: Rupi Kaur
Editora: Planeta de Livros
Páginas: 208
Idioma: Português
ISBN: 8542209303
Ano de Lançamento: 2017


Livro cedido em parceria com a editora

Compre aqui: Saraiva | Amazon

SINOPSE: 'outros jeitos de usar a boca' é um livro de poemas sobre a sobrevivência. Sobre a experiência de violência, o abuso, o amor, a perda e a feminilidade. O volume é dividido em quatro partes, e cada uma delas serve a um propósito diferente. Lida com um tipo diferente de dor. Cura uma mágoa diferente. Outros jeitos de usar a boca transporta o leitor por uma jornada pelos momentos mais amargos da vida e encontra uma maneira de tirar delicadeza deles. Publicado inicialmente de forma independente por Rupi Kaur, poeta, artista plástica e performer canadense nascida na Índia – e que também assina as ilustrações presentes neste volume –, o livro se tornou o maior fenômeno do gênero nos últimos anos nos Estados Unidos, com mais de 1 milhão de exemplares vendidos.



Outros jeitos de usar a boca foi escrito inicialmente de forma independente pela Rupi Kaur. O livro trás poemas simples e de fácil entendimento, o que nos faz se identificar com muita coisa escrita ali. 


eu não fui embora porque
eu deixei de te amar
eu fui embora porque quanto mais
eu ficava menos
eu me amava

Ele é dividido em quatro partes: dor, amor, ruptura e cura, trazendo temas bem atuais como abuso, racismo, sexo, amor, término de relacionamentos e feminismo, tudo muito bem ilustrado pela própria autora de forma singela, mas de grande impacto. 

É um livro que fala com o leitor apenas com poemas pequenos e rápidos, uma leitura de 30 minutos. Alguns textos é claro, podem não agradar, mas em suma, eu me senti tocada com muitas coisas que foram expostas ali, tanto que enchi o livro de marcações. Achei super válida a leitura.
da próxima vez que ele
comentar que os
pelos das suas pernas
cresceram de novo lembre
esse garoto que o seu corpo
não é a casa dele
ele é um hóspede
avise que ele
nunca deve passar por cima
das boas-vindas
de novo

Comente com o Facebook:

Um comentário :

  1. Oiii Anne

    É uma leitura no minimo diferente. Acho normal que uma parte ou outra não agrade o leitor, mas o grande ponto à favor desses livros de poemas ou histórias curtas é que sempre terá pelo menos uma coisinha que seguramente chegará até o coração. De momento, não é o tipo de livro que me anima a ler. Mas futuramente quem sabe né?

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir

Assine a Newsletter

LINK ME!

Literatura Estrangeira

Mais Recentes

Literatura Estrangeira - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados