HOME

27 de maio de 2018

#RESENHA - Um Encontro de Sombras por V.E. Schwab

Título: Um Encontro de Sombras
Autora: V.E. Schwab
Editora: Record
Páginas: 560
Idioma: Português
Ano de Lançamento: 2017
Gênero: Fantasia/Jovem Adulto
Skoob || Goodreads

Compre aqui: Amazon | Saraiva
SINOPSE: Kell e Lila estão de volta nesta sequência de Um tom mais escuro de magia Quatro meses se passaram desde que a pedra sombria caíra nas mãos de Kell. Quatro meses desde que seu caminho cruzara com o de Delilah Bard. Quatro meses desde que Rhy fora ferido, que os gêmeos Dane foram derrotados e que a pedra fora enviada com o corpo moribundo de Holland, pelo portal, de volta para a Londres Preta. Em diversos aspectos, as coisas quase voltaram ao normal, apesar de Rhy ficar mais tempo sóbrio e de Kell estar sempre assolado pela própria culpa. Inquieto e tendo desistido dos contrabandos, Kell é frequentemente visitado por sonhos sobre acontecimentos mágicos de mau agouro, acordando apenas para pensar em Lila, que desapareceu no píer como sempre desejara fazer. Conforme a Londres Vermelha finaliza as preparações para os Jogos Elementais (uma competição de magia internacional e extravagante com o intuito de entreter e manter saudáveis os laços entre os países vizinhos), certo navio pirata se aproxima, trazendo velhos amigos de volta ao porto da capital. Mas, enquanto a Londres Vermelha está absorta em bajulações e nas emoções dos Jogos, outra Londres está gradualmente voltando à vida, e aqueles que se pensava estarem perdidos para sempre retornaram. Afinal, uma sombra que se esvai no meio da noite reaparece pela manhã, e tudo indica que a Londres Preta se ergueu novamente. Sendo assim, para manter o equilíbrio da magia, outra Londres deve perecer.


Essa resenha pode conter spoiler do primeiro livro.

Um Encontro de Sombras é o segundo livro da série Tons de Magia e apesar deste não ter tanta ação e emoção quanto o primeiro, ainda conseguiu ser um livro muito bom e uma história bem planejada.

Novamente temos um livro narrado em terceira pessoa, onde vamos encontrar um Kell e Rhy unidos pela vida. Muitas confusões por causa disso acontecem, mas o amadurecimento de Rhy vai gradativamente acontecendo, bem devagar, sim, mas acontece. Já Lila está nos pensamentos de Kell quase o tempo todo, que não esqueceu a moça de espírito livre e aventureira.

Lila embarca em um navio pirata e vai viver sua vida de aventura como ela sempre quis na Londres Vermelha. Apesar de estar vez ou outra pensando em Kell, a personagem é bastante feminista e não é um romance convencional que temos aqui, o que na minha opinião é ótimo e condiz com a personalidade dela.
Não, eu quero viver, mas chegar perto da morte é a única forma de se sentir vivo.
A primeira metade do livro é bem devagar, vemos mais o desenrolar das consequências do livro anterior do que uma nova história até que os Jogos Elementais começam e a história passa a desenrolar com mais velocidade. Também aparece um relacionamento LGBT que eu não esperava e fiquei bem instigada e ansiosa para uma resolução.

Enquanto a história vai de desenvolvendo, devagar, bem devagar confesso, uma Londres que achávamos ter se extinguido volta aos poucos a vida, porém, não é nesse livro que o ápice desse problema transcorre, então acaba rolando um elo para o próximo e último livro da série.

Apesar do enredo ter sido vagarosamente desenvolvido, eu gostei de poder acompanhar a história muito bem elaborada e cheia de detalhes que Victoria criou. Também adorei conhecer um pouco mais a personagem Lila, de espírito livre, feminista, a frente de seu tempo e em um romance pouco convencional com Kell.

Sei que é um livro que não vai agradar tanto quanto o primeiro, mas a maravilha dele está nas entrelinhas e nos detalhes grandiosamente descritos. Estou super ansiosa para enfim poder ler o final dessa história e dos personagens que tanto adorei conhecer. 

Comente com o Facebook:

Um comentário :

  1. Oi, Anne
    Eu me interessei muito pela história quando lançou e até comprei o primeiro livro mas ainda não li. Estou esperando bater a vontade e já imagino que irei gostar de Kell.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir

Assine a Newsletter

LINK ME!

Literatura Estrangeira

Mais Recentes

Literatura Estrangeira - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados